A+ A-

Atualidade


Atualidade - 22/07/2014    Comentar   Facebook
Fechar

Comentar

Trem com corpos de passageiros de voo da Malaysia chega a Kharkov

Capa

O trem que transporta os corpos dos passageiros do voo MH17 da Malaysia Airlines, provavelmente derrubado por um míssil, chegou nesta terça-feira (22) a Kharkov, maior cidade do leste ainda em poder do governo da Ucrânia.

O trem, acompanhado por 16 representantes de Holanda, Malásia e da OSCE, saiu esta madrugada de Donetsk, cidade controlada pelos separatistas pró-russos, com 282 corpos e 87 fragmentos dos corpos dos 298 ocupantes do avião.

Os corpos das vítimas serão entregues a uma delegação holandesa que os levará de avião a Amsterdã para que sejam identificados.

Segundo as autoridades locais, 282 corpos dos 298 passageiros foram localizados, além de fragmentos de 16 deles.

O Boeing-777, que cobria o trajeto entre Amsterdã e Kuala Lumpur (Malásia), caiu na última quinta-feira (17) no leste da Ucrânia depois de ser provavelmente derrubado por um míssil disparado, segundo os Estados Unidos, de uma zona controlada por "rebeldes apoiados pela Rússia".

O trem, com cinco vagões refrigerados, entrou lentamente na área de uma indústria armamentista em Kharkiv, onde os corpos deverão ser desembarcados e levados para a Holanda.

Um porta-voz de uma equipe holandesa de peritos forenses em Kharkiv disse que o traslado para a Holanda não deve ocorrer antes da quarta-feira.

Na segunda (21), os rebeldes entregaram as caixas-pretas a autoridades da Malásia.

O primeiro-ministro da república popular de Donetsk, Aleksandr Borodai, entregou os dois dispositivos durante uma cerimônia oficial realizada na sede do governo separatista, na qual as partes assinaram documentos oficiais. O governo separatista de Donetsk não é reconhecido por Kiev.

Folhapress